Testo e traduzione della canzone Ludmilla - Não Quero Mais (part. Belo)

Mais uma vez você mudou
Anche in questo caso è stata modificata
E a gente não se fala mais
E non parliamo più
Da outra vez, você jurou
L'altra volta, avete giurato
Que o que passou ficou pra trás
Ciò che è rimasto indietro
Eu avisei que era melhor
Te l'ho detto che era meglio
Esquecer e só viver em paz
Dimenticare e solo vivere in pace
Cadê você?
Dove sei?
Que deu um nó
che annodato
Cria os sonhos e depois desfaz
Crea sogni e poi annulla l'operazione

Mas te confesso que um beijo
Ma confesso che un bacio
Já me desperta, o desejo do que a gente faz
Già me risvegliato, il desiderio di ciò che facciamo
Mas, se for pra ser desse jeito
Ma se è quello di essere in questo modo
Sem compromisso eu respeito
Nessun impegno che il rispetto
Mas não quero mais
Non voglio più

Eu não quero mais
Non voglio
Te amar demais, me entregar demais
Ti amo troppo, dà troppo me stesso
Pra você dizer que tanto faz
Voi dite che qualunque
Eu não quero mais, não quero mais
Non voglio, non voglio
Eu não quero mais
Non voglio
Te amar demais, pra sofrer demais
Amate anche voi, a soffrire troppo
Por alguém que diz que tanto faz
Per qualcuno che dice qualunque cosa
Eu não quero mais, não quero mais
Non voglio, non voglio

Mais uma vez o nosso amor
Ancora una volta il nostro amore
Se perdeu porque eu falei demais
E 'stato perso perché ho parlato troppo
Mais uma vez não dei valor
Anche in questo caso il valore non dato
E você quer me deixar pra trás
E vuoi lasciarmi indietro
Sem teu calor, tudo é pior
Senza il vostro calore, tutto è peggio
Tua indiferença dói demais
La vostra indifferenza fa troppo male
Cadê você?
Dove sei?
Meu grande amor, eu prometo que não erro mais
Il mio grande amore, ti prometto che non più errori

E te confesso que um beijo
E confesso che un bacio
Já me desperta, o desejo do que a gente faz
Già me risvegliato, il desiderio di ciò che facciamo
E se for pra ser do seu jeito
E se è di essere la tua strada
E só dizer eu aceito pra te ver em paz
E proprio dire che accetto di vedere in pace

Eu não quero mais
Non voglio
Te amar demais, me entregar demais
Ti amo troppo, dà troppo me stesso
E depois dizer que tanto faz
E poi dire che qualunque cosa
Eu não quero mais, não quero mais, nunca mais
Non voglio, non voglio più, non di più
Eu não quero mais
Non voglio
Pra sofrer demais
A soffrire troppo
E dizer meu bem que tanto faz
E dire al mio bene che qualunque cosa
Eu não quero mais, não quero mais, nunca mais
Non voglio, non voglio più, non di più

Eu tô aqui, só a dois passos de você
Sono qui, a due passi da te
Você ta aí, a dez mil milhas pra entender
Si ta lì, i diecimila miglia a capire
Pra decidir, se vai fugir ou vai querer
Per decidere se fuggire o vorranno

Eu tô aqui, a um passo de te esquecer
Sono qui, un passo avanti verso dimenticare voi
Você ta aí, a um segundo de ver que eu sou capaz
Si ta lì, un secondo per vedere che io sono in grado
De dizer não quero mais
Per dire non vogliono

Eu não quero mais
Non voglio
Me entregar demais
troppo dammi
E depois dizer que tanto faz
E poi dire che qualunque cosa
Eu não quero mais, não quero mais, nunca mais
Non voglio, non voglio più, non di più
Eu não quero mais
Non voglio
Te amar demais, pra sofrer demais
Amate anche voi, a soffrire troppo
Por alguém que diz, que diz, que tanto faz
Per qualcuno che dice che dice che tutto ciò che
Não quero mais
non più


Tradotto da Anonimo

Aggiungi / modifica traduzione
Email:

P